Último Adeus

| sábado, 5 de fevereiro de 2011 | 0 comentários |

Nossos últimos suspiros foram dados ontem na aula. Confessamos que não ficaram boas lembranças desse semestre, foi uma coisa tão macabra!
Mas foi legal ver nossos coleguinhas apresentando e mostrando para que vieram. Houve até uma premiação e foi engraçado pois o blog Cemitérios ganhou melhor blog  na categoria completude. Mesmo depois de falar em chorume cadavérico e coisa e tal. (Foi horrível essa parte)
Bem, estamos aqui para avisar que esse blog dá seu último suspiro com muita alegria e deseja a todos da turma de Diplomática e Tipologia Documental do 2/2010 boas féria e nos encontraremos em março para novas aulas e para novos desafios.

Desafio mortal

| sexta-feira, 28 de janeiro de 2011 | 0 comentários |

Criamos uma página só para nosso desafio, por isso não deixem de passar lá e dar uma conferida em nossas abas. Nessa página vocês irão encontrar um questionamento bem legal a respeito da nossa dificuldade em saber quem é o acumulador de uma documentação póstuma.

Mais Ultra-Romantismo

| sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 | 1 comentários |
Pálida inocência

Cette image du ciel - innocence et beauté!
Lamartine



Por que, pálida inocência,
Os olhos teus em dormência
A medo lanças em mim?
No aperto de minha mão
Que sonho do coração
Tremeu-te os seios assim?



E tuas falas divinas
Em que amor lânguida afinas
Em que lânguido sonhar?
E dormindo sem receio
Por que geme no teu seio
Ansioso suspirar? Inocência!


Quem dissera
De tua azul primavera
As tuas brisas de amor!
Oh! Quem teus lábios sentira
E que trêmulo te abrira
Dos sonhos a tua flor!


Quem te dera a esperança
De tua alma de criança,
Que perfuma teu dormir!
Quem dos sonhos te acordasse,
Que num beijo t'embalasse
Desmaiada no sentir!

Quem te amasse! E um momento
Respirando o teu alento
Recendesse os lábios seus!
Quem lera, divina e bela,
Teu romance de donzela
Cheio de amor e de Deus!

AZEVEDO, Álvares. Lira dos vinte anos.São Paulo: Martins Fontes, 1996.

Um dos últimos desafios

| | 0 comentários |
Pêsames a todos os nossos coleguinhas de blog e ao blog Defunto Mãe,

Nos últimos dias tivemos uma tarefa bem desagradável, porém muito interessante. Tivemos que toda semana pesquisar três conceitos "oficiais" (o meu não valia) de Prazo Precaucional - o que nos deu muito trabalho.

E um dos últimos desafios do Nosso blog é comentar essa experiência fantástica por qual passamos.

Juramos que não temos mágoa nem rancor, porém tivemos dificuldade de achar esses conceitos, mas foi bem legal e interessante fazer essa tarefa.
Nosso blog ficou bem mais famoso pelos conceitos do que pelo nosso próprio tema. O desafio se tornou quase uma coisa esponjosa e teve uma semana que não conseguimos achar os conceitos.
Mas tirando as dificuldades, concluímos que foi legal ver o quanto um conceito pode mudar ou não. Muitos deles são mais do mesmo, porém o conceito da Almeida e Rodrigues traz uma especificidade que é: trazer o período contextual pelo qual a sociedade pode reclamar por seus direitos e deveres.

Já os outros conceitos estão relacionados ao zelo da Administração por guardar seu documentos por um período de tempo antes de eliminá-lo ou guardá-lo permanentemente, ou seja, não tendo um conceito explicito de preocupação social da temporalidade do documento.

Bem essa foi a nossa visão sobre esse conceito e nossa impressão sobre esse trabalho.
Agora fiquem com algumas imagens do BOB ESPONJA CALÇA QUADRADA.......

ÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊÊ





Desafio do Antonio Palocci

| sexta-feira, 14 de janeiro de 2011 | 0 comentários |


Que droga votei na Dilma e ela já começou a fazer besteira...

Bem queridos defuntos amigos e DEFUNTO MÃE (defunto me lembra presunto não sei porque). O desafio dessa semana foi do além. Nós tivemos que encontrar o documento que transfere (transferiria) o Arquivo Nacional para o Ministério da Justiça. O que acontece é que esse documento não existe, o que aconteceu foi que no discurso de posse de Antonio Palocci como Ministro Chefe da Casa Civil ele disse que vai deixar a Casa Civil mais íntima da Presidência, assim vários órgãos, autarquias e departamentos sairão da Casa Civil e irão a outros órgãos do governo. 
E foi aí que tocou-se fogo no funeral.  Em um ato desesperado os arquivistas e a sociedade que gosta do Arquivo Nacional onde está foi atrás de uma petição pública para a permanência do Arquivo Nacional na Casa Civil.
Nós desse blog fazemos parte desse movimento - que até parece coisa do Pânico na TV - o movimento Fica Arquivo Nacional. Que está no cantinho alí do blog ------>>
Bem não achamos o discurso escrito ou o decreto de transferência do AN para o MJ, porém achamos o vídeo do discurso e vamos analisá-lo.

Análise diplomática e tipológica
Diplomática
Nome: Veja os principais trechos do discurso do Palocci.
Gênero: Áudio visual.
Espécie: Vídeo.
Forma: Original.
Formato: Digital.
Suporte: Informático.

Tipológica
Entidade produtora: CASACIVILPR.
Tipo documental: Vídeo digital.
Entidade receptora: Usuários da internet.
Função administrativa: Registrar para informar o discurso de posse de Palocci como chefe da casa civil.
Função arquivística: Disponibilizar o discurso de Antonio Palocci em sua posse como Ministro Chefe da Casa Civil.
Descrição: O vídeo contém o discurso de Palocci na posse de ministro da casa civil.

Como a mudança do Arquivo Nacional para o Ministério da Justiça interfere em nosso blog

Não interferirá em nada, o nosso blog terminará no dia 08/02/2010. E os defuntos do nosso país continuaram a serem enterrados e continuaram também a gerar seus documentos.

Desafio da Propaganda Enganosa

| quinta-feira, 13 de janeiro de 2011 | 0 comentários |
Caríssimos defuntos amigos...
O desafio dessa semana foi gigantesco pois temos muitas atividades e uma prova. (Não estou feliz!)
Em um desses desafios tivemos que analisar uma historinha de um leitor de uma revista que viu um anúncio legal de um carro importado e com um preço mais ou menos legal, daí ele vai a loja e percebe que a propaganda era enganosa. Bem aqui estão as respostas das atividades. E se quiserem ver a história na integra acessem aqui .

1. Titular: empresa Comversa      Produtor: o leitor

      2. Forma: cópia

3. No caso do titular a função é de divulgação, ou seja, o marketing do carro da Hyundai. Para a Veja é a venda do serviço de espaço de anúncio na revista. Enquanto que para o leitor é a comprovação de uma oferta anunciada.

4. No caso em questão, a cópia é diplomaticamente autêntica porque contêm todos os elementos essenciais para um anúncio como a marca do carro, o nome da empresa, o valor e o modelo do carro, entre outros. De acordo com o que fala Duranti “uma cópia autêntica no sentido diplomático, também é uma cópia autêntica no sentido legal.” A autenticação garante que a cópia seja admitida como prova legal e assim produza os mesmos efeitos do documento original.

5. Sim, pois a informação do anúncio não condiz com a realidade da empresa. Dessa forma, a informação não é verídica.

6. Diante dessas cópias, o pesquisador, seu orientador e os professores irão constatar que o anúncio não possui autenticidade histórica porque o documento não sustenta a realidade dos acontecimentos.

 7. Partindo da idéia de que não se sabe a localização do processo, se no Procon ou em órgãos do judiciário. Será considerado que tal processo encontra-se no Procon. O plano de classificação poderia ser da seguinte forma:

Área-fim
Grupo: Atendimento ao consumidor
Seção:Recebimento, análise, encaminhamento, acompanhamento e andamento de reclamação lesão ao direito do consumidor
Sub-seção: Por propaganda enganosa
Série documental: Reclamação de lesão ao direito do consumidor por propaganda enganosa

História sem fim cap. 10

| sexta-feira, 7 de janeiro de 2011 | 1 comentários |

Documento sugerido pelo blog Aurquivo bom pra cachorro
Analise tipológica:

Entidade produtora: mulher Seriguela
Descrição:documento imagético pertencente a mulher Seriguela.
Função arquivística: documento imagético que traz informações sobre a estrutura óssea de uma cadela.

Analise diplomática:

Nome: radiografia de uma cadela
Gênero: imagético
Forma: original
Formato: ...
Suporte: Plástico
A História


Continuando essa história... como vocês viram os últimos episódios foram traumáticos e uma inocente cadela foi atropelada pelo amigo de nosso protagonista.

O final do ultimo episódio nem chega aos pés desse capitulo, pois no hospital veterinário o estagiário e a mulher Seriguela ficam sabendo que a cadela não poderá mais andar e ainda por cima está em estado de coma.

A mulher Seriguela chora pelo estado de quase morte da cachorra, porém já não se podia fazer mais nada, pois o pior já havia acontecido. Muito constrangido com o acontecido o nosso protagonista se dispõe a fazer tudo pela vida da cachorra. Para isso ele vai em um busca desenfreada por documentos na internet que falacem sobre a cura da paralisia por traumas ósseos. Nessa busca ele encontra um documento que dizia que na Universidade de Brasília estavam sendo feitas pesquisas sobre células tronco em cachorros, e que uma cadela já havia se recuperado de um trauma e voltara a andar.

Infelizmente o nosso herói não tinha dinheiro para levar a mulher Seriguela e sua cadelinha à Brasília. Então ele toma uma atitude desesperada e vai a um agiota pedir dinheiro emprestado.

Continua ... 

O documento a ser analizado pelo CAArq - UnB



Caixões para apaixonados por futebol...

| quinta-feira, 6 de janeiro de 2011 | 3 comentários |
Viajando pela internet a  Viviane  viu uma matéria bem legal falando sobre uns caixões com escudos de times de futebol.

Essa ideia interessante nasceu de um dono de funerária que a pedido de um cliente fez um caixão com o escudo de um time de futebol. A população da município de Senador Pompeu  localizado no estado do Ceará achou muito legal a ideia.

Conta o dono da Loja fúnebre que muitos entram na funerária tiram fotos e outros riem e fazem piada quando passam na frente.

O dono do recinto fica muito orgulhoso de seus produtos e disse que vai expandir o seu negócio, pois só possui cinco times estampados em caixões que são: São Paulo, Botafogo, Palmeiras, Corinthians e Flamengo.

Alguns habitantes da cidade estão pedindo para que ele faça com os escudos do Ceará e do Fortaleza e o dono se sente na obrigação de fazer caixões com esses escudos.

Espero que essa linha de caixões vingue, pois quero o meu do Vasco...

Descansem em Paz.